Postado em 28 de abril, 2018



Tenha um orgasmo no corpo inteiro



Não canalize sua capacidade de sentir prazer apenas em sua região genital. O corpo é uma fonte inesgotável de prazer e possibilidades orgásticas.


1)- Peça para seu amor acariciar levemente e sem pressa seu corpo inteiro. Entreguem-se a estas sensações.


2)- Diga a ele para beijar você em lugares que nunca beijou antes e procure descobrir o que sente.


3)-Brinquem de respirar bem próximo um da boca do outro pois isto estimula o prazer e abre maiores probabilidades de desejo.


4)-Cheirem o corpo inteiro um do outro com prazer e com vontade. Além de despertar o desejo é um ótimo estimulante para o sexo.


5)-Procure passar seus cabelos pelo corpo do seu amado e peça pra ele fazer o mesmo. Vocês podem usar tecidos ou plumas. Despertar as sensações do corpo utilizando maneiras diferentes de toques faz maravilhas para o prazer.


6)-Utilizem frutas, chocolate, mel alimentando um ao outro enquanto fazem amor. Com certeza uma experiência deliciosa em todos os sentidos.


7) Passe óleo próprio para o sexo em seu corpo todo e peça para seu amor fazer o mesmo. Depois explorem esta forma de sensualidade enquanto fazem amor. Será sensacional.


8)- Prazer por inteiro também é uma questão de mente liberta de tabus, medos e preconceitos. Conheça algumas armadilhas da mente que impedem um prazer pleno:


- Você não está com vontade de fazer sexo com aquela pessoa ou naquele momento mas se força pra isto.


- Você desanima diante da performance sexual deficiente de seu parceiro, mas não tem coragem de falar sobre isto.


- Você está muito preocupada com sua performance e isto te deixa angustiada, ansiosa ou nervosa.


- Você gostaria de pedir algumas coisas, mas tem medo de parecer exigente então se cala e aceita o que acontece.


- Você sente uma pressão muito grande para gozar e isto te paralisa.


- Você tenta por todas as formas ter orgasmo simultâneo e como não acontece fica frustrada.


- Você está com raiva, magoada ou frustrada com ele e mesmo assim aceita fazer sexo, mas durante o ato se sente mal o tempo todo.


- Você não admira seu parceiro sexual nem na cama nem fora dela. Isto afeta seu prazer.


- Você aprendeu que sexo é culpa, por isto não se solta o suficiente para um prazer pleno.


- Você não consegue ter prazer apenas com a penetração e se culpa por isto.


- Você esta muito cansada ou sem libido, então finge o orgasmo para que tudo acabe o mais rápido possível.


Eu poderia citar aqui centenas de armadilhas na sua mente que impedem o prazer do seu corpo. O ideal é lidar para superar a sua e poder desfrutar de uma sexualidade mais feliz.